terça-feira, 21 de julho de 2020

 

Bitaites da Betoneira - Benfica do Cristo Redentor

A confirmação do all-in Vieirista, em mais um momento em que dá duas piruetas e um mortal encarpado, trouxe para as bandas da Luz de novo o Cristo Redentor Jorge Jesus.




Não nos iludamos. Jesus vai mudar a face do plantel e a especulação que se segue é feita com base em vários pecados. Vamos pois elencar os pecados, antes de irmos aos detalhes.

O pecado original será limitar-me ao que existe e ignorar um pouco o ruído que vai havendo sobre transferências. É querer ignorar quase que a realidade de se ter JJ e quanto o Presimente lhe terá prometido para reforços.

O segundo pecado será mesmo o de assumir, pelo tempo que leva a ler este texto, que JJ vai perder tempo a formar jovens. Porque a verdade é que o plantel do Benfica precisa de muita mas mesmo muita formação. As deficiências são por demais evidentes e todos sabemos que o Mestre da Táctica não ajuda jogadores a chegarem a bons, só os bons a chegarem a muito bons.

Um terceiro pecado, que acaba por ser um pouco o que origina o segundo, é o de assumir que JJ não vai querer entrar a ganhar e sem se importar de perder algum tempinho a moldar a equipa à sua imagem. Ele não tem tempo e, mais importante, o Presimente não tem tempo. O plantel ou está pronto para pôr em campo o que o treinador pede, ou então não serve.

O pecado final é assumir que o clube ou o jogador têm pleno poder em escolher o destino final dos jogadores. Por vezes é um favor que se faz a um clube, outras vezes uma jogada do Parceiro Preferencial. Para efeitos deste comentário vou tentar esquecer isso tudo.

Claro que os bolsos são fundos quanto baste, e certamente o Parceiro Preferencial, apesar de estar cada vez mais enraizado nos outros clubes da Liga, arranjará coloridas formas de financiar operações necessárias. Agora, o Benfica, para estar à imagem de Jesus precisa de muitos Apóstolos.

Como o plantel está, sejamos francos a lista dos jogadores que servem para JJ não dá para fazer um XI titular. Vamos então à bitaitada...

Se Odysseas, pela posição recuada, for o Baptista, Rúben Dias, Grimaldo, Weigl, Vinícius serão os quatro Envangelistas que a meu ver têm garantida a permanência para espalhar a Boa Nova. Numa segunda linha vêm Almeida, Rafa e Pizzi. Almeida e Pizzi são heranças da primeira vinda do Salvador (de Vieira, espera ele!). Com ele ganharam o estatuto que têm ainda hoje na mente de muitos.

A verdade é que Almeida dificilmente será o titular absoluto, como o não era, e não passará de um útil suplente. Que em caso de lesão do titular, necessitará que se encontre um titular à altura! Pizzi foi com JJ que se assumiu como 8, se se lembrar do que fazer, e com treino a estimular, pode certamente ser homem de confiança do treinador. Se não para titular, certamente para fazer o titular correr. Rafa tem bons pormenores na aproximação à área e ajuda a defesa o suficiente para que a sua permanência no plantel seja garantida, mas não sem que o treinador queira reforços.

Assim sendo, até ao momento temos o seguinte Benfica.

É curto não é? A partir daqui é que o mercado se complica. Onde é que o Benfica vai querer investir mais forte? Quão fundos são os bolsos?

Conhecendo JJ, a prioridade dele será sempre a consistência defensiva. O pilar de JJ é defender bem, com poucos se possível, e uma reacção forte à perda. Os detalhes, como os apoios, são de fulcral importância, e a capacidade de manter o foco ao longo dos 100 minutos que uma partida chega a durar, importantes. Apesar do mito de preferir cavalões, a verdade é que, exepto para as balizas, prefere jogadores que lhe dêem o que quer.

Ora este que ele quer é fulcral. Como se viu acima, há todo um autocarro de jogadores que com JJ e em condições normais estariam despachados, apesar do potencial que demonstrem ou não. Senão vejamos como fica a defesa.

André Almeida - Defesa Direito - Fica
Será um dos homens do treinador. Será lembrado das suas limitações a cada treino, e responderá a dar tudo para mostrar que é pau para toda a obra. Jogará onde o treinador mandar e fará tudo como o treinador pede. O treinador conhece e sabe o que pode tirar dali.

Tomás Tavares - Defesa Direito - Sai
Tomás Tavares estará, com pena minha, condenado. Demasiado imaturo para responder no imediato, perde para Almeida por este ser um conhecido de Jesus. Com Almeida a intenção de Jesus será a de ter um Lateral Direito que lhe dê garantias e no imediato. Tomás está longe disso. Mas pode ter em si muito bem o que dará a Jesus um jogador lá para o ano final do seu contrato. Se o mister tiver riscado, para mim era emprestar. Mas emprestar com critério. Escolher um plantel onde possa jogar e um treinador que o faça evoluir. 

Rúben Dias - Defesa Central - Fica
Penso que não haverá o desejo de comprar quatro titulares para a defesa, e Rúben tem defeitos de Luisão pré-Jesus, com mais margem de progressão do que o Luisão pré-Jesus. Para justificar a anormalidade que o clube quererá por ele, especialmente em contexto de pós-Covid (e sem saber como estaremos de quarentenas por esta altura daqui a um ano), precisará e muito de um Jesus que faça dele o central de que deu lampejos e nunca um jogo inteiro.

Jardel - Defesa Central - Fica mas contra a minha vontade.
Acho que Jardel acabará por ficar. Com muita pena minha. Penso que ter-lhe-ão destinado um papel de Luisão (mas em horrível) e ele abraçá-lo-á. Tem limitações medonhas para o nivel Benfica e seria um insulto ao clube tê-lo na B. Por mim dispensava-se, se ninguém lhe pegar, mas deve ficar, nem que seja para terceiro central.

Ferro - Defesa Central - Dúvidas. Muitas.
Terá Ferro qualidades ou vontade de ser o quarto central deste plantel? Estará à espreita de uma lesão de Jardel para subir na hierarquia e ser o terceiro?
É óbvio que se JJ quer resultados imediatos, Ferro está já dispensado ainda antes do primeiro treino. A questão é o que Ferro poderá dar com um ano de treinos com um treinador obcecado com o pormenor como JJ. Irá a tempo de aprender ainda?

Grimaldo - Defesa Esquerdo - #fapfapfap pela vinda do Salvador (de Vieira, espera ele!)
Um dos jogadores que mais poderão subir com JJ, assim tenha humildade para tal. Não adianta vir com coisas. É trabalhar para jogar. Como Rúben Dias, não havendo necessidade de comprar toda uma defesa nova, Grimaldo devia a esta hora estar a apanhar uma tosga só de pensar no defesa que se pode tornar com JJ.

Nuno Tavares - Defesa Esquerdo - Xau?!
As limitações ao nível técnico são de tal ordem que o meu primeiro instinto é dizer que está despachadíssimo, nem que seja de volta à B. Tem o lado atlético a jogar a seu favor e o facto de Grimaldo se o titular indiscutível da posição.
Se as investidas no mercado para o reforço da posição falharem, terá no entanto de competir com Cervi pela vaga. Está em posição mais que periclitante.


Ao nível do meio campo, a coisa parece estar um pouco mais composta. Arrisco dizer que não fosse a sede de JJ por jogadores feitos e até poderia haver margem para um investimento mais baixo. No centro do terreno há qualidade para trabalhar e aproveitar, que precisa mais de reforço do que de renovação. Nas alas, muito para aprender, mas que deveria chegar para o campeonato português ser um passeio tranquilo para JJ.

Pizzi - Médio Coiso e tal - Fica
JJ fez de Pizzi um médio centro bem acima da média. Não que não tenha jogado na ala de quando em vez. Se JJ conseguir trazer um ala e um médio centro, será mais do que natural ver Pizzi ser o suplente destes dois. Se por outro lado JJ só conseguir um destes reforços, Pizzi será o outro. A minha aposta é que a prioridade será dada a um ala e na segunda ronda de reforços então um médio centro.

Zivkovic - Médio Coiso - Não és tu, é... Foda-se sim também és tu!
Só um fenómeno galáctico inexplicável fará com que o Sérvio se mantenha na Luz e faça uma boa época, seja ela no meio ou numa ala. Já devem estar a preparar papel de embrulho e o lacinho com que entrará no carrossel. Uma pena pois nos anos em que o Benfica não tinha treinador teve sempre mais lugar na equipa que os trolhas que por lá andaram a fazer merda.

Adel Taraabt - Médio Centro - Hum...
Olho para ele e tem coisas de Enzo. Possante, sabe usar o corpo, sabe recuperar bolas, sabe progredir. É bom que esteja com um treinador pessoal a garantir que se apresenta em condição top. Todos nos lembraremos da entrevista em que disse que se deu mal com Bombo Vitalis por ser um pedido do antecessor. Pode ser que o "antecessor" ainda se lembre do que terá visto nele e decida dar-lhe uma chance.

Weigl - Médio Centro - Fica!
Há uma entrevista de JJ em Janeiro onde fala sobre Weigl. Esperamos para ver qual o defeito que o JJ lhe vai corrigir!

Tino - Médio Centro - Eu gostava que ficasse.
Weigl e Tino tem tudo para ser Matic-Fejsa mas em bom, no que ao sair o Zé e jogar o Manel diz respeito. Penso no entanto que o Tino já está apalavrado com um clube do círculo do Parceiro Preferencial, e que a operação da sua transferência será usada para justificar valores de outras aquisições.

Samaris - Médio Centro - Tronco nu, no topo Sul, com um megafone na mão.
Samaris pareceu, durante uns jogos com JJ, uma espécie de Matic dos pobrezinhos. Não sei se o Messias da Táctica ainda tem esse dom milagroso, mas poderia bem aproveitar para fazer dele o terceiro central de nível que o clube precisa. Ou até o segundo, se não houver engenharia financeira que permita adquirir os direitos de um. Já no meio, a coisa parece estar cheia.

Gabriel - Médio Centro - Será que é agora?
Tem bom perfil físico para o jogo de JJ, mas um perfil de decisão atroz. Se for um problema de treino ou do que é pedido, pode melhorar. Se não, em Janeiro vai emprestado com cláusula de compra obrigatória.

Jota - Ala - Pois...
Vai acusar o não ser um fora de série, estar sem minutos e com a moral numa fossa. Quando falhar dois ou três passes num treino vai ser colocado a treinar num clube satélite com uma cláusulas, para não haver quem pense que esta merda agora saem da formação para a equipa principal.
Podia ser boa alternativa a Rafa, mas duvido que vá fazer parte do plantel.
Ou isso ou vai ser um titular do caralho e vendemo-lo no fim do da época por 400 milhões de euros #winkwink.

Cervi - Ala - Deve ficar
Um espírito abnegado. Relembro que JJ andou a martelar num Sálvio muito tempo. Quem aposta num Sálvio, aposta num Cervi. Ah! E já vi JJ fazer de Melgarejo um razoável lateral esquerdo. Cervi não sendo craque, é um pouco melhor que Melgarejo.

Rafa - Ala - Fica
O Benfica também não pode mandar todos embora e Rafa tem coisas que JJ aprecia. Nomeadamente ajuda o defesa do seu lado, quando acorda com os pés dentro da cama. Pode jogar nas duas alas do campo, e há rumores de alguns que JJ pode ter-lhe reservado um papel mais central no jogo da equipa.


Para o ataque estamos muito longe. Arrisco dizer que tirando Vinícius, mais ninguém tem o lugar no plantel do ano que vem seguro, e mesmo Vinnie poderá nem ser titular.

Chiquinho - Atacante Centro - Temos pena...
Uma coisa comum a muitos rumores sobre reforços, é que tudo indica que Chiquinho já era. Infelizmente aquilo que servia e era mal aproveitado por Bombo e Placa de Xisto, é para o Salvador (de Vieira, ou assim ele o espera!) insuficiente. Está bem que já tivemos Felipes Menezes e Francos Jaras, mas esses foram pedidos, não impostos!

Seferovic - Ponta de Lança (Romba) - Fica, mas contra a minha vontade.
Corre muito na frente, bom para atazanar centrais. Faltando dinheiro para comprar dois PLs, e tendo Vinícius e um Reforço, pode vir a ter um papel terciário.

Carlos Vinícius - Ponta de Lança - Fica
Está a meio caminho entre Cardozo e Lima. Dificilmente não fica, e se se for é para financiar operações de reforço. Será necessário colmatar a saída no entanto...

Dyego Sousa - Cabo da Lança - Fica (até Dezembro, quando acaba o empréstimo)
Vai p'ró caralho pá!

Temos então um plantel parecido com isto:


Meia equipa a necessitar de reforço obriga a um esforço financeiro grande. Por um lado este ano ficará mais difícil andar a comprar entulho para emprestar. Portanto apesar da folga, olhemos para os reforços que podem vir de empréstimos.

Ao nível dos emprestados regressados, penso que dificilmente algum fica, salvo falhanços no mercado.

Na defesa, Pedro Pereira estará longe do pretendido e entre Conti e Lema apenas um ficaria e para quarto central. Penso que por entre cláusulas e vontades, nenhum ficará no plantel de JJ. Poderão todos ser operações contabilísticas importantes para assegurar reforços.

No meio campo, até espero mesmo que haja uma razia nos regressados. Fejsa, está longe do seu auge, Alfa mete medo, Yony e Jhonder são erros de casting para um clube como o Benfica e Krovinovic pode ter mercado. Assim sendo é usar para fazer operações para financiar os reforços.

Pedrinho já está garantido, mas a julgar pelas declarações de JJ sobre ele, terá de comer muita papinha e trabalhar muito para ter um lugar. Pode até nem sequer calçar, caso seja empregue numa troca...

Diogo Gonçalves está com a cotação em alta no carrossel e assim deve ficar. Não sei se quer ser lateral direito, ou sequer esquerdo, mas não sendo nessa condição deve ser difícil arranjar espaço.

Nisto de retornados sobra apenas Ferreyra. O palpite é que é para despachar, mas pode dar-se o caso de JJ querer aproveitar. Vai depender imenso de como correr o defeso. Se o Benfica não se conseguir reforçar como JJ pretende, poderá ter hipótese de concorrer com Seferovic pelo lugar de terceiro avançado do plantel.

A equipa dos prováveis dispensados será pois algo parecido com